Efeito Apple: Transforme seus clientes em fãs enlouquecidos, através do posicionamento

Efeito Apple: Transforme seus clientes em fãs enlouquecidos, através do posicionamento!


Olá pessoa! 😀

Já imaginou a diferença que faria no seu negócio se você conseguisse transformar seus clientes comuns em fãs enlouquecidos pela sua marca, desesperados para comprar cada novidade, e defensores fieis do que você oferece?

Seria incrível não é mesmo! Então porque não começar a trabalhar para transformar isso em realidade?

Como você pode fazer para entrar na mente do seu cliente e se tornar a marca número um na sua categoria?

Chamo isso de Efeito Apple. Bora lá conversar sobre o que isso significa e como você pode começar a aplicar agora mesmo!

 

Efeito Apple: A arte do posicionamento


 

Se eu te perguntasse “qual o seu refrigerante favorito”, as chances de você me responder “Coca-Cola” seriam imensas! (talvez você até tenha respondido mentalmente isso!).

Mas por que “Coca-Cola” entre tantas marcas que estão no mercado? Por que essa é a preferida entre a maioria dos consumidores de refrigerante?

Do mesmo modo, porque tantas pessoas são fissuradas nos produtos da Apple a ponto de fazer filas nas lojas para adquirir algo novo?

 

O que essas Marcas têm/fazem de tão especial?


 

Bom, esse é o Efeito Apple. A capacidade que a marca tem de transformar clientes simples, em fãs enlouquecidos. Steve Jobs sabia perfeitamente como alterar a percepção das pessoas e se posicionar como número um.

Todos nós temos uma marca ou produto que consideramos número um em determinada categoria. E isso acontece porque, na nossa percepção, essas marcas souberam como se posicionar, se destacar.

Posicionamento significa dominar a categoria na qual o seu produto / serviço / negócio está inserido. Quando as pessoas pensarem nessa categoria, o seu nome (ou o nome da sua empresa) devem ser lembrados.

Para isso você deve pensar: “Quem é o número um na minha categoria?”. E aqui encontramos dois caminhos: ou você ultrapassa essa marca, ou muda o seu posicionamento.

A questão é: Você precisa se destacar! E vou te dar algumas dicas de como começar a criar o seu Efeito Apple. Acompanhe…

 

6 passos para transformar clientes em fãs enlouquecidos


 

Já percebeu que a StarBucks é a única empresa que consegue cobrar 5 reais em um copo de café? Onde mais você pagaria esse valor, sabendo que um copo de café custa bem menos na maioria dos lugares?

Mas as pessoas pagam. Por quê?

É simples: Lovemarks (amor pela marca!), causado pelo posicionamento e diferencial. Estas marcas número um deixaram de ser “mais do mesmo” e alteraram os padrões do que o cérebro vê.

Entenda que o ato de comprar é inconsciente. Nós compramos com a emoção e justificamos com a razão. Você precisa ultrapassar a razão do seu cliente, e gerar uma emoção para que ele compre.

Tudo que é comum vira rotineiro, deixa de chamar a atenção. E na era da overdose de informação em que estamos, ter um diferencial é extremamente necessário.

Mas a boa notícia é que você pode conseguir gerar o mesmo efeito lovemarks!

Para isso, com base nas dicas de Fernando Kimura (Especialista em Neuromarketing) listei abaixo seis passos que vão te ajudar a começar este processo:

 

  1. Conheça seu público!

 

Quem compra de você? Qual o papel da sua empresa? O que ela adiciona a vida das pessoas? Você atende as necessidades do seu consumidor? Que sonhos os seus clientes têm? Venda sonhos, não produtos.

Ex.: Não venda mais um treinamento/produto para emagrecimento, venda a possibilidade da pessoa poder se sentir bem com o próprio corpo.

Uma simples mudança na comunicação pode fazer milagres. Como bem usou Steve Jobs ao vender o iPod: “Mil músicas no seu bolso!”.

Tenha compromisso com a excelência do que você oferece, e com a experiência do seu cliente. Oferecer uma boa experiência deve ser sua prioridade.

 

  1. Produza conteúdo!

 

Para ultrapassar a razão do seu cliente, é preciso levar o relacionamento além do tradicional, sabendo como se comunicar com ele.

No meio digital é muito fácil estabelecer um bom relacionamento através do conteúdo que você entrega.

A sua marca / produto / serviço deve ser capaz de identificar o comportamento de consumo previsível das pessoas e gerar as emoções certas nelas. O que as pessoas buscam, emocionalmente falando, é a necessidade de ter algo, a conquista, o sentimento de inclusão, desejo, status, prazer; bem como poder despertar inveja nos outros, e viver a experiência.

Portanto, seja capaz de produzir conteúdos que despertem essas emoções nos seus clientes, e automaticamente eles começarão a desejar mais.

E claro: não esqueça que todo conteúdo produzido deve guiar o cliente até um objetivo pré-definido (um cadastro, uma inscrição, uma compra).

 

  1. Seja autêntico!

 

É muito desconfortável sentir que estamos falando com um robô programado para dar respostas prontas. Aprenda a se comunicar como pessoa!

Os seus clientes querem atenção, querem saber que são ouvidos por pessoas reais, e que são bem tratados por elas.

Desenvolva seu próprio estilo de comunicação, e converse com os seus clientes! Aprenda a ser autêntico e demonstre o seu ponto de vista pessoal quando necessário.

A forma como você se comunica faz toda a diferença em como a outra pessoa receberá sua mensagem. É preciso ter cuidado com a impressão que você está passando.

Isso vale tanto para uma loja física, quanto para uma loja virtual, ou site na internet. Atenda seus clientes de forma atenciosa. Chame-os pelo nome. Escreva postagens mostrando um estilo próprio. Responda e-mails ou chats de forma pessoal, e não formal demais.

Podemos esquecer o que o outro nos disse, mas nunca esqueceremos a forma como fomos tratados. Clientes bem tratados são satisfeitos e falam bem do seu negócio para outras pessoas. É esta impressão positiva que sua marca deve causar.

 

  1. Seja surpreendente!

 

Aja de um jeito que as pessoas gostem, mas não esperam.

Uma ideia para causar essa sensação, é pedir informações (como data de nascimento) durante o cadastro da pessoa, e enviar um brinde, um código promocional, ou mesmo simples felicitações nesta data.

Isso fará o seu cliente sentir-se especial, e com certeza ele se lembrará de você e ainda comentará o feito com outras pessoas.

Esta simples estratégia cria na mente dele uma associação positiva à sua marca. Como ele foi bem tratado e sentiu-se importante, automaticamente associa emoções positivas, o que o faz querer comprar mais e indicar para os amigos.

Tudo isso acontece porque você saiu do rotineiro, do comum, e fez algo diferente, algo positivamente inesperado e surpreendente.

Percebe como estratégias simples podem fazer verdadeiras mudanças? Solte a imaginação e aplique!

 

  1. Crie uma comunidade!

 

Repito: todo ser humano gosta de se sentir especial. Isso é um fato inquestionável. Logo, sua marca deve proporcionar essa sensação aos seus clientes.

Na internet, um modo de fazer isso é utilizar a estratégia de clube de compras vip, onde você oferece conteúdo exclusivo para os assinantes da sua lista, e promoções que só eles podem visualizar (o público aberto que acessar o seu site não vê).

Imediatamente o cérebro dessas pessoas faz uma associação positiva, pois sentem-se especiais, dignos de receberem ofertas unicamente feitas para eles.

 

  1. Tenha algo único!

 

Diferencie-se da maioria! Ultrapasse sua concorrência oferecendo algo que poucos (ou ninguém) entregam.

Uma forma simples de fazer isso, é oferecer materiais, aulas, cursos, workshops, ou oficinas relacionadas ao seu produto/serviço.

Exemplo: Você é Nutricionista/Educador Físico especialista na área de Emagrecimento. Além de oferecer seus serviços de consultoria, você pode incrementar com palestras, ebooks, aulas ao-vivo, minicursos; convidando os interessados no tema a aprenderem mais.

Essas estratégias podem ser feitas inicialmente como exclusividade para quem já é cliente (gratuitamente), e posteriormente abertas ao público pagante (que com certeza ficará interessado ao saber da repercussão), oferecendo desconto para os que já são alunos, por exemplo.

Você poderia, inclusive, criar um evento para profissionais da área que queiram aperfeiçoar seus conhecimentos. As oportunidades de aplicação são diversas.

 

Resumindo…


 

Você precisa ter uma visão inspiradora sobre sua marca e o que oferece. Quando você sabe que seu produto/serviço vai beneficiar outras pessoas, quando realmente acredita no potencial, isso inspira os demais (investidores, profissionais, clientes…).

Se você é sua própria marca, trate-se como tal! Seja apaixonado pelo que oferece e faça as pessoas se apaixonarem por você, sua empresa, ou seu serviço.

Não siga o padrão que todos fazem… Permita-se inovar, usar sua criatividade para se destacar da multidão. Como disse Steve Jobs: “Criatividade é apenas conectar coisas”. Conecte-as!

Se quer resultados diferentes, aja diferente. Dedique tempo a conhecer mais sobre seus clientes, a preencher as lacunas deles, a entregar o que eles desejam.

Veja o iPad, ele preencheu uma lacuna que grande parte das pessoas nem sabia que existia, até que Steve Jobs a revelou. Na lista de benefícios dele, a experiência com o novo iPad traria:

 

  • A melhor experiência de navegação que você já teve;
  • Um sonho para digitar;
  • Uma forma maravilhosa de compartilhar fotos;
  • Um modo incrível de apreciar sua coleção de músicas;
  • Excelente para assistir programas de tv e filmes;
  • Mais amigável que um laptop; mais poderoso que um smartphone.

 

Parece bobagem, mas o modo de descrever seu produto faz toda a diferença. Seus clientes não se interessam por você, nem pela sua empresa, e nem pelo seu produto.

Eles se interessam por eles mesmos! Mas se você ajudá-los a alcançar seus objetivos, eles se interessarão muito mais por você. E para conseguir isso você precisa entender os objetivos, necessidades, e desejos mais profundos deles.

Efeito Apple. Não preciso te dizer mais nada né? Experimente e desfrute.

P.S.: Você tem um site? Então aproveita para ganhar uma análise gratuita minha! Basta clicar na imagem abaixo.

Abraço.

2019-12-15T00:29:35-03:00

About the Author:

Agência de Publicidade, Especializada em Consultoria SEO e Marketing de Conteúdo

Leave A Comment